Atendimento: Seg - Sex | 09:00-18:00
Email: contato@kardan.com.br Envie uma mensagem: (47) 99971-5155

Não é nenhuma novidade que o mercado da saúde é bastante competitivo e na área de psicologia isso não é diferente. Para se destacar em meio a tantas clínicas e consultórios, a divulgação dos serviços online é uma das melhores soluções e que traz grandes retornos, principalmente quando se utiliza o marketing digital em um consultório de psicologia.

No Brasil, segundo uma pesquisa da Vittude, plataforma voltada para a saúde mental, mostra que 86% das pessoas sofrem com algum transtorno mental. De certa forma, isso significa que os brasileiros enxergam cada vez mais a necessidade de contar com apoio profissional.

Por isso, investir na presença nas mídias sociais é uma forma de alavancar sua empresa, tornando-se referência e autoridade na sua especialidade. Portanto, é preciso descobrir maneiras de usar o marketing digital em um consultório de psicologia, e é sobre isso que abordaremos a seguir. Veja!

 

1. Crie um blog

Uma das estratégias mais poderosas para um psicólogo é a criação de um blog, no qual é possível postar regularmente conteúdo de interesse do seu público-alvo. A principal vantagem é o funcionamento a curto, médio e longo prazo, ou seja, uma vez que os artigos são publicados, os internautas podem ter acesso a qualquer momento, mesmo depois de muito tempo.

Nesse espaço você pode falar sobre bem-estar, conflitos diários, saúde mental, a importância de terapias, como pode ajudar em áreas específicas, como do esporte, etc. Todos os assuntos com uma linguagem simples e de fácil compreensão pelos leitores.

No entanto, tenha cuidado ao criar seus materiais. O Google penaliza quem copia ou replica textos, portanto, contrate uma agência especializada para auxiliar nesse projeto, desenvolvendo uma identidade personalizada, para que seus pacientes reconheçam isso.

 

2. Tenha um canal no YouTube

Dentre as diversas redes sociais que um psicólogo deve estar presente, o YouTube pode ser considerado uma das principais. Com um canal, você tem a possibilidade de divulgar o seu trabalho por meio do Inbound Marketing, sem ferir o código de ética.

Hoje, muitas pessoas preferem vídeos explicativos ao invés de ler um texto de 2 mil palavras, por exemplo. Nesse sentido, essa estratégia se mostra cada vez mais relevante eficaz, pois permite que você fale dos assuntos mais complexos de maneira simples, em um tom de conversa.

Devido a isso, você tem mais contato direto com seus potenciais clientes e ajuda na geração de confiança e autoridade. Ou seja, é um jeito de se posicionar no mercado como alguém que entende do que fala.

 


 

3. Utilize e-mail marketing

Uma das mídias mais utilizadas no marketing digital é o e-mail. Essa é a estratégia ideal para falar com seus leads (potenciais clientes), para que se aproximem de você e lembrem-se quando precisarem.

Estruture um processo com disparos de e-mails para sua lista de contatos com propósito de informá-los, desde que cada um tenha solicitado e autorizado o envio. É possível automatizar mensagens com conteúdos sobre os últimos posts em seu blog, quais são as novidades no setor, parabenizando pelo seu aniversário, etc.

Para conseguir o endereço eletrônico dessas pessoas, é necessário antes oferecer algo de valor. Por exemplo, lance um e-book sobre causas e tratamentos da ansiedade e peça o contato do usuário para que ele tenha acesso. A partir disso, você terá um assunto para abordar.

 

4. Esteja nas redes sociais certas

De nada adianta criar conteúdo de valor, mas não ter audiência para consumir. Estar nas redes sociais certas é primordial para alcançar seu público e fazer a diferença no dia a dia deles, além de mostrar sua personalidade e se envolver com eles.

A escolha das redes certas depende de onde estão as pessoas e como elas se relacionam. Assim, antes de optar por uma ou outra mídia, pense se o seu paciente já está lá para facilitar o contato e qual é o objetivo central para cada uma. Por exemplo, no Facebook e Instagram, você pode usá-los para oferecer dicas, já no WhatsApp, para tirar dúvidas de forma direta e agendar horários.

 

5. Otimização SEO local

Uma vez com seu website e blog funcionando, também é importante a utilização de SEO, uma técnica de marketing utilizada pelo Google para ranquear os conteúdos. Através desses ajustes pontuais, como uso de subtítulos, palavras-chave bem colocadas, hiperlinks, responsividade dentre outros, o Google ajuda a alcançar um número maior de pessoas.

O principal ponto dessa estratégia é o uso de termos corretos. Quando você usa algo como “psicólogo em Joinville”, por exemplo, e alguém procura por isso, as chances de aparecer no topo da primeira página é grande.

Atualmente, esse aspecto faz toda a diferença para conversão. Afinal, são infinitas páginas no maior buscador do mundo, portanto, essa é a sua grande oportunidade de se destacar em meio a multidão.

Conhecer maneiras de usar o marketing digital em um consultório de psicologia é fundamental para tornar seu nome mais conhecido no mercado e ainda ajudar mais pessoas. Aproveite o potencial online para atrair pacientes e fortalecer sua relação com eles.

Agora que sabe um pouco mais sobre o assunto, que tal aprender mais sobre marketing para psicólogos e clínicas de psicologia? Boa leitura!

 

:: Últimos posts

prontuário médico de acordo com a LGPD
Como adequar o prontuário médico de acordo com a LGPD
11 de junho de 2021
médico sucedido no Instagram
Como ser um médico sucedido no Instagram?
7 de junho de 2021
implementação da LGPD na sua clínica
5 dicas para implementação da LGPD na sua clínica
4 de junho de 2021
implantar a LGPD para clínicas
Como implantar a LGPD para clínicas
3 de junho de 2021
Como ser um médico de sucesso
Como ser um médico de sucesso na internet?
1 de junho de 2021

Receba dicas exclusivas

Assine nosso boletim e receba dicas exclusivas e informações úteis sobre marketing médico: