Atendimento: Seg - Sex | 09:00-18:00
Email: contato@kardan.com.br Envie uma mensagem: (47) 99971-5155

Para que a comunicação com os seus pacientes seja eficaz e produtiva, você precisa aprender a como criar uma persona para clínicas. Essa é uma estratégia eficiente de marketing e pode significar muito para os seus resultados.

Esses personagens são essenciais no processo de divulgação da marca. Basicamente, ajudam na elaboração de conteúdos específicos, definição da melhor linguagem, identificação do que os clientes esperam e no desenho das melhores ações.

Devido a essa importância, explicaremos como fazer uma persona com direito a passo a passo e exemplos para você sair com a sua definida. Continue lendo o post e saiba tudo em detalhes a seguir!

 

É uma especificidade

Personas são “personagens” que criamos para abranger as necessidades, objetivos, padrões de comportamento e dados demográficos observados entre os pacientes reais e potenciais da sua clínica.

É uma excelente forma de especificar quem é o seu público-alvo de uma maneira mais detalhada. Assim, você conhece os problemas que enfrentam e traça as estratégias mais adequadas para mostrar como pode solucioná-los através dos seus serviços.

 

Jornada até o cliente ideal

Para chegar até sua persona, você precisa fazer três desdobramentos:

  1. Segmento de clientes: separe diferentes grupos de pessoas que você pode impactar, podendo ser segmentados por necessidades, comportamentos, perfil social e demográfico, interesses e motivações, entre outras similaridades que compartilham. Exemplo: pessoas com restrição alimentar e sem restrição alimentar.
  2. Público-alvo: divida uma parcela consumidora para qual sua empresa direciona as ações. Exemplo: Mulheres de classe média, com ensino superior, que residem em Santa Catarina, com idade de 20 a 35 anos e que se preocupam com a saúde e possuem doenças no intestino.
  3. Persona: desenhe um perfil fictício e abrangente sobre seu público alvo. Exemplo: Carolina, 25 anos, redatora em Florianópolis. Formada em marketing, tem um blog e oferece seus serviços para todo tipo de cliente. Devido a correria não tem tempo de cuidar da sua alimentação e ingere alimentos que não pode por causa da sua Doença de Crohn. Nas horas vagas gosta de praticar atividades físicas, mas não se preocupa com uma dieta.

 

Hora da construção

Na hora de desenvolver sua persona, é preciso colher as informações certas e que façam sentido para sua empresa criar um planejamento eficiente. Além disso, é fundamental fazer uma pesquisa aprofundada sobre o perfil de quem quer atingir.

O mais importante é não se basear em achismos, mas em dados reais e comprovados, que podem ser colhidos por meio de uma entrevista, questionário online, perguntas nas redes sociais ou pelos insights fornecidos pelas mídias.

Um ponto crucial é analisar que tipo de pergunta será feita para a construção da persona. Elas precisam ser pensadas com calma para ficar de acordo com os objetivos da clínica. Nesse contexto, existem quatro aspectos que devem ser avaliados:

  • emocional: desejos, como tomam decisões, como reagem à acontecimentos, anseios, etc.
  • físico: gênero, idade, profissão, região, com quem moram, estado civil, problemas de saúde e outros elementos para formar a identidade do personagem.
  • psicológico: tipo de entretenimento, convívio familiar, hábitos, preferências, prioridades, tipo de comunicação, etc.
  • intelectual: escolaridade, salário e cargo que ocupa.

 


 

Exemplificando

Para entender melhor como você pode aplicar uma persona, podemos dar um exemplo prático de uma clínica de cardiologia. Observe:

  • Físico e intelectual: Antônio, 68 anos, formou-se em Administração e é empresário aposentado, mora em São Paulo com sua esposa, tem 3 filhos e 5 netos. Nos últimos tempos, começou a sentir palpitações no peito e falta de ar devido ao seu sobrepeso.
  • Psicológico: Depois da aposentadoria, seu hobby é dirigir para lugares longes de onde mora. Trabalhou durante toda a vida com comércio e não dedicou tempo à pratica de exercícios físicos, nem a alimentação saudável. Embora a família cobre para ele cuidar melhor da saúde, ainda é apegado à velhos hábitos.
  • Emocional: Após tomar a decisão de procurar um cardiologista, ficou ansioso pela consulta e tem medo do diagnóstico.

Agora você já sabe como criar uma persona para sua clínica e pode usar mais essa ferramenta para melhorar o seu marketing, atingindo o público ideal, fiel e cada vez mais interessado na sua especialidade.

E aí gostou? Sua persona está realmente direcionada para sua clínica? Fale com a Kardan e defina a sua da maneira certa!

 

:: Últimos posts

Whatsapp CRM
Fidelize clientes com WhatsApp CRM: a chave para o sucesso
17 de maio de 2024
dobre o número de pacientes
Utilize estas 2 ações de marketing e dobre o número de pacientes
31 de outubro de 2022
Aumente o número de pacientes em sua clínica
Aumente o número de pacientes em sua clínica somente usando essa ação de marketing
24 de outubro de 2022

Receba dicas exclusivas

Assine nosso boletim e receba dicas exclusivas e informações úteis sobre marketing médico:
Conversar
Olá,
Como podemos lhe ajudar? Se quiser falar conosco via whatsapp, clique no botão abaixo e envie-nos uma mensagem.