Atendimento: Seg - Sex | 09:00-18:00
Email: contato@kardan.com.br Envie uma mensagem: (47) 99971-5155

O Facebook surgiu em 2004, e desde então tornou-se uma ferramenta essencial para diversos profissionais liberais, inclusive da saúde, para divulgarem o seu trabalho gratuitamente ou com um custo baixo em comparação com a mídia tradicional. Entretanto, escolher o formato de conta ainda gera muitas dúvidas, especialmente entre os médicos. Será que um médico particular deve ter perfil pessoal ou página no Facebook? Essa definição é decisiva para o sucesso do plano de marketing, mas, ainda hoje, é muito comum vermos alguns profissionais investirem no lugar inapropriado.

Neste artigo, explicaremos como funciona ambas as abordagens, e por que você deve apostar nas páginas para fazer seu consultório obter resultados incríveis nesse canal. Ficou curioso? Confira a seguir!

 

Qual a diferença entre perfil pessoal e página no Facebook?

Apesar de serem criados na mesma plataforma, o perfil pessoal e a página têm diferenças entre si, que devem ser consideradas pelos profissionais no planejamento. Afinal, cada um atinge objetivos distintos.

Enquanto o primeiro funciona como uma ficha de informações pessoais do usuário, com assinatura do próprio e um engajamento individual, o segundo alimenta os seguidores com conteúdos de uma marca e busca por visibilidade e engajamento com diversas pessoas simultaneamente.

Além disso, a primeira opção é limitada para 5 mil amigos, além de ferramentas para uso particular (lembretes de aniversários, jogos etc.). Já a segunda, pode ter milhares de fãs reunidos em um só lugar e com funções exclusivas para empresas (relatórios, personalização avançada etc.).

 

Um médico particular deve ter perfil pessoal ou página no Facebook?

Decidir entre ambos os formatos é uma dúvida muito comum e frequente entre os habilitados em medicina, especialmente, porque a vida privada do profissional não pode misturar-se com a sua profissão, para não haver confusões com os pacientes.

Como no Facebook há opção de ter ambas as contas, é interessante saber diferenciar. Não há problemas em ter um perfil pessoal, desde que ele seja totalmente reservado para os seus familiares e conhecidos. No entanto, é indispensável a existência de uma página, para que os seus pacientes encontrem você e suas ideias com relação ao trabalho.

Portanto, o recomendado é que você mantenha a privacidade da sua vida e usufrua de todas as funcionalidades disponíveis na fanpage para atingir seus resultados de marketing médico. Assim, os clientes passam a entender que você é uma “marca” e, por isso, pode levar um tempo maior para responder as mensagens ou interagir.

Isso sem mencionar que é possível conquistar os visitantes por interesse próprio, sem ser invasivo enviando solicitações para qualquer um. Dessa forma, sua relação com as pessoas pode ser muito mais duradoura.

 


 

Como criar uma página no Facebook?

Você já entendeu a importância de ter uma comunidade business para divulgar e estabelecer uma comunicação com o seu público, mas o que fazer se ainda não tem? Nesse caso, existem duas formas de criar sua página profissional. Confira abaixo:

Transformação de perfil pessoal em página

Caso tenha feito um perfil pessoal para utilizar como propagador dos seus serviços, não precisa desesperar-se, pois há uma solução. Para não perder todo o seu esforço anterior, é possível migrar os dados, como fotos e amigos, para a página convertida.

Para isso, acesse “Crie uma Página do Facebook baseada no seu perfil” e, em seguida, clique em “Começar”. A nova interface será publicada após seguir todas as instruções na tela.

 

Criação de página do zero

Para começar do zero, é muito fácil e intuitivo. Existem diversas possibilidades, mas vamos ensinar apenas uma. Primeiramente, acesse o link de “Criar uma Página”, selecione um nome, o tipo de fanpage e forneça as demais informações solicitadas. Depois, clique em “Continuar” e siga o restante das orientações na tela, e pronto!

Com essas dicas e sugestões, com certeza você já sabe se um médico particular deve ter perfil pessoal ou página no Facebook, e assim, melhorar seus níveis de sucesso. E não se esqueça que essa escolha influencia diretamente nas suas estratégias, por isso, repense sobre o seu posicionamento nesse canal.

Quer atingir mais pessoas nas redes sociais e alcançar outros objetivos empresariais? Então, entre em contato conosco e solicite uma proposta.

 

Deixe uma mensagem

:: Últimos posts

médico particular precisa ter um site
Um médico particular precisa ter um site na internet
19 de outubro de 2020
LGPD para clínicas de radiografia
Adequação LGPD para clínicas de radiografia
16 de outubro de 2020
site médico pode garantir a agenda cheia
Um site médico pode garantir a agenda cheia todo mês
12 de outubro de 2020
LGPD para clínicas de estética
Adequação LGPD para clínicas de estética
9 de outubro de 2020
Blog para médico
Qual a importância de um blog para médico
5 de outubro de 2020

Receba dicas exclusivas

Assine nosso boletim e receba dicas exclusivas e informações úteis sobre marketing médico:
Open chat
Olá,
Como podemos lhe ajudar? Se quiser falar conosco via whatsapp, clique no botão abaixo e envie-nos uma mensagem.