Atendimento: Seg - Sex | 09:00-18:00
Email: contato@kardan.com.br Envie uma mensagem: (47) 99971-5155

O que a LGPD muda nas estratégias de marketing

Todos os setores de uma empresa precisam utilizar dados estratégicos para pensar nas próximas decisões que tomarão. Isso é ainda mais forte com o marketing digital, pois são adquiridos contatos de visitantes para fazer uma abordagem mais efetiva. Porém, com a Lei Geral de Proteção de Dados, todo o planejamento dos estabelecimentos sofrerão mudanças, que deverão ser implementadas até Agosto de 2020 (Prorrogado para Janeiro de 2021). Com isso surge aquela dúvida: o que a LGPD muda nas estratégias de marketing? Para saber a resposta, acompanhe a leitura até o fim!

 

Como a LGPD agirá?

A LGPD tem como objetivo regulamentar o uso de dados que as organizações coletam para embasar suas ações. Assim, essa lei funciona como uma forma de proteger os titulares para garantir o sigilo das suas informações pessoais, que podem trazer problemas se utilizadas indevidamente.

Nesse caso, a legislação elenca dez princípios que devem ser obedecidos em relação ao tratamento de dados. Dentre eles, podemos destacar a transparência, finalidade, necessidade e adequação. Em resumo, a lei agirá contra os hábitos das marcas que costumam armazenar todas informações possíveis dos usuários, sem uma finalidade e prazo objetivo e pré-determinado, por tempo indeterminado e por nenhuma razão especifica.

 

Por que o marketing não será mais o mesmo com essa lei?

O departamento de marketing é um dos que mais será impactado com a LGPD, pois todas as técnicas traçadas partem dos dados que os profissionais reúnem durante toda a jornada de compra dos consumidores.

Em uma pesquisa da EXAME, apenas 15% dos negócios já estão de acordo com as ordens da lei. Isso significa que haverá uma transformação drástica no mundo da comunicação e o marketing passará por grandes transformações. Mas isso não é ruim. A Lei Geral de Proteção de Dados não entrará em vigor para complicar as suas ações ou deixá-las ineficientes. Na verdade, se você estiver com as estratégias certas, pode ser benéfico.

 

O que a LGPD muda nas estratégias de marketing?

Para evitar punições, é importante rever o seu planejamento e seus processos internos para identificar onde e como os dados pessoais são tratados atualmente para efetuar as adequações necessárias. Assim, deixe suas atividades mais transparentes, garantindo a segurança dos titulares e a privacidade nos seus dados pessoais. Para fazer isso, listamos algumas práticas que deverão ser repensadas para entrar em conformidade. Veja:
 

Cookies em sites

Cookie é um programa que rastreia o acesso do usuário quando ele entra no site e coleta informações como IP, localização, tempo de navegação, páginas que entrou, itens que clicou, etc. Assim, a empresa consegue ter controle sobre o público que acessa suas mídias e direciona o conteúdo da melhor forma de maneira segmentada.

Entretanto, agora é preciso refazer os termos de uso de cookies, informando ao visitante do site que estão sendo recolhidos e pedindo permissão para tanto. Nesse quadro de pedido de autorização deve estar claro o que será manipulado e o motivo.
 

Formulários de contato

Para baixar materiais gratuitos por exemplo, a tática de formulário é a mais aplicada para que as companhias consigam o contato dos indivíduos interessados em troca do download, e assim, os levar posteriormente por todo o funil de vendas. No entanto, será preciso avisar o futuro lead sobre como será o tratamento dos seus dados.

Para garantir a segurança e passar essa sensação para quem acessa as suas páginas na internet, a melhor opção é utilizar a criptografia. Desse modo, não há possibilidade de as informações serem interceptadas ou roubadas.
 

Listas de e-mail

Depois de angariar as informações da ação anterior, é possível formar uma lista de e-mails. Com a nova regulamentação, o envio de e-mail marketing praticamente continuará o mesmo, mas as empresas devem ter o consentimento das pessoas para contatá-las.

Assim, reveja as suas listas de endereços e envie mensagens ou checkbox (sem a pré-marcação) para obter essa permissão dos seus leads, principalmente os que não tem opt-in especificado. Após levantar essas licenças, você pode mandar mensagens normalmente.
 

Sistemas de automação de marketing

Muito usadas para nutrir a base de consumidores para que efetuem compras, as ferramentas de automação de marketing sofrerão algumas mudanças. Nesse caso, a plataforma usada também deve estar em conformidade com a LGPD, pois ambas dividem a responsabilidade sobre os dados armazenados.
 
Deu para entender o que a LGPD muda nas estratégias de marketing? Apesar da modificação intimidar de um primeiro momento, ela ajudará muito, uma vez que ficará mais fácil se comunicar com um público que realmente se interessa pela sua marca, produtos e serviços. Por isso, comece o quanto antes a entrar em consonância com às exigências.

Além do marketing, diversos setores das empresas também sofrerão modificações nos processos relacionado a dados. Para adequar sua empresa a essas mudanças, conheça também a Zemus – Segurança da Informação, uma empresa especializada em adequação LGPD, que poderá oferecer soluções para adaptar a sua empresa às novas mudanças.

 

1 Resposta
  1. […]   Com todas essas dicas de como adequar o Marketing do seu consultório para LGPD não tem erro. Você pode oferecer o melhor atendimento aos seus pacientes e leads, sem incomodá-los, pois, em cada etapa, é necessária a permissão deles para manter uma relação constante. Tudo isso, sem deixar de estar em conformidade com a lei. Quer entender mais sobre como esse setor pode sofrer mais alterações com a regulamentação? Então, leia e aprenda mais sobre o que a LGPD muda nas estratégias de marketing. […]

Open chat
Olá,
Como podemos lhe ajudar? Se quiser falar conosco via whatsapp, clique no botão abaixo e envie-nos uma mensagem.