Atendimento: Seg - Sex | 09:00-18:00
Email: contato@kardan.com.br Envie uma mensagem: (47) 99971-5155

Quais os impactos no marketing da sua clínica de Fisioterapia com a LGPD?

Sua clínica utiliza o Marketing para divulgar seus serviços de fisioterapia? Então, você deve saber que 2021 marcará uma revolução nessa área. Até então, os dados são a principal fonte para elaborar um planejamento de atuação sólido e compreender os resultados conquistados. No entanto, a partir desse período, haverá impactos no Marketing da sua clínica de Fisioterapia com a LGPD.

A segurança das informações dos pacientes e leads gerados em seus atendimentos. Além da transparência e obtenção de consentimento dos usuários, passarão a ser indispensáveis com a Lei Geral de Proteção de Dados, sob pena de multas altíssimas.

Pensando nas transformações que estão por vir, preparamos este post com algumas dicas e explicações mais aprofundadas sobre a relação entre a lei com o seu setor de Marketing e como adequá-lo às novas regras. Acompanhe!

 

O que muda com a LGPD?

A Lei Geral de Proteção de Dados exigirá que muitos profissionais da saúde se adequem às normas ao fazer ações de Marketing, como as clínicas de Fisioterapia. Isso porque a lei tem como propósito regulamentar toda atividade que envolva o uso de dados pessoais e sensíveis.

Assim, a lei oferece o direito e preservação à privacidade dos pacientes e até colaboradores. Desta forma, obriga que as instituições obtenham autorizações prévias para coletar, tratar, armazenar e compartilhar as informações dos usuários. Ou seja, todo o manuseamento dessas identificações será mais rigoroso.

 

Quais os impactos no Marketing da sua clínica de Fisioterapia com a LGPD?

Você deve estar se perguntando o que a LGPD tem a ver com o Marketing da sua clínica de Fisioterapia, mas a resposta é que tem tudo a ver. As tecnologias de Big Data e Business Intelligence que você utiliza para segmentar sua base abrange um grande volume de dados, que são indispensáveis para análises e estratégias.

O foco dessa lei, não é prejudicar o Marketing no momento de recolher essas informações, mas frear os negócios modernos que os coletam como moeda de troca. Tudo para obter acessos aos seus produtos e serviços e, depois, tentar manter um relacionamento a todo custo com os leads gerados.

Na prática, todas as ações podem continuar sendo feitas, mas os profissionais terão que seguir dez princípios, destacando-se o da transparência, finalidade e, sobretudo, do consentimento dos titulares. Desse modo, se torna crucial adaptar as atividades de atração e fidelização dos pacientes às novas normas da LGPD.

 

Como adequar o Marketing da sua clínica à Lei de Proteção de Dados?

Muitas empresas, especialmente clínicas de Fisioterapia, ainda não estão preparadas para a regulamentação. Por isso, resolvemos separar algumas adequações necessárias na área de Marketing para começar o processo de compliance agora. Veja:
 

Coleta de dados

O principal impacto está relacionado com a retenção e tratamento dos dados para segmentar campanhas. Porém, isso não significa que seus anúncios não podem mais ser direcionados a públicos específicos, mas você precisa conquistar a autorização das pessoas, sendo transparente por meio de uma caixa de seleção sem pré-marcação e com os termos de uso detalhados.

Essa permissão impactará principalmente a parte de geração de leads nas redes sociais, e-mail marketing etc. Os indivíduos devem conceder seus contatos para receber mensagens de cunho promocionais, educacionais ou o que for relevante, e a empresa não poderá usá-lo para outro objetivo que não seja o aceito.
 

Privacidade e acesso aos dados

Os usuários têm o direito de controlar suas identificações particulares, removendo-as ou atualizando-as do sistema da empresa. Apesar de parecer um ponto negativo, essa questão ajudará a segmentar ainda mais o público, atingindo apenas quem tem confiança na clínica e está, de fato, interessado em permanecer com ela.

Além disso, após a coleta, a legislação prevê que os dados não podem ser violados. Portanto, é essencial armazená-los em um local seguro e criptografado, com acesso restrito apenas aos titulares e um responsável da clínica para tratá-los e movimentá-los.
 

Saída da base de dados

Como falamos, o titular poderá remover as suas informações a qualquer momento. A sua clínica precisa descomplicar essa saída por meio de botões de cancelamento visíveis e fáceis de serem encontrados.

A prática de esconder na página a saída dos leads torna-se ilegal perante a LGPD. Por isso, deixe sempre explícito que os usuários podem revogar sua decisão a qualquer hora e mostre onde ele pode fazer isso. Por exemplo, em um e-mail marketing pode ser avisado ao final de cada mensagem.

É perceptível que o objetivo da Lei Geral de Proteção de Dados é proteger os pacientes de terem seus dados interceptados por terceiros. Em geral, os impactos no marketing da sua clínica de Fisioterapia com a LGPD não serão negativos. pelo contrário, é possível colocar em prática suas estratégias dentro da lei e com uma segmentação muito maior.

Gostou do artigo e quer saber mais sobre a nova regulamentação? Aproveite sua visita e leia outros artigos sobre o assunto em nosso blog.

 

Open chat
Olá,
Como podemos lhe ajudar? Se quiser falar conosco via whatsapp, clique no botão abaixo e envie-nos uma mensagem.